Centro Integrado de Comando e Controle de Patos deverá reforçar segurança no sertão da Paraíba

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Foi inaugurado na última sexta-feira, dia 10 de junho, o Centro Integrado de Comando e Controle de Patos (CICC), que reúne as Forças de Segurança do sertão, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil, onde irão atuar de forma integrada no combate à criminalidade e na manutenção da segurança pública na região metropolitana de Patos.

O centro conta com tecnologia avançada para auxiliar nas ações das equipes de segurança do sertão, com o apoio de câmeras de vigilância espalhadas pelas cidades e reúne dados e informações que podem colaborar com o trabalho das polícias. O prédio conta ainda com salas de Inteligência, informação, armas e coordenação.

A reportagem da TV Contexto conversou com o coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle de Patos, o tenente-coronel Jurandy Pereira Monteiro, que assumiu a gestão do CICC. Ele explicou melhor as funções do órgão e qual a sua importância para a segurança na região sertaneja.

Coordenador do CICC de Patos – tenente-coronel Jurandy | Foto: reprodução Internet

“O primeiro centro inaugurado foi justamente o de Patos. Ele vai coordenar todas as operações de segurança no sertão do estado, totalizando uma área com 88 municípios, seis batalhões e uma população estimada em quase um milhão de habitantes. É bastante importante porque vai propiciar, através da alta tecnologia, vídeo-monitoramento, teleatendimento, rádio, para que as Forças de Segurança, que vão trabalhar no mesmo ambiente, possam atuar de maneira integrada, proporcionando um serviço mais rápido, com mais informações. A vantagem é que teremos um pessoal mais qualificado, trabalhando com alta tecnologia, rádios de ponta, sistema informatizado, vídeos e informações. Esse serviço que está sendo colocado à disposição dos órgãos de segurança vai possibilitar que os gestores possam decidir de forma eficaz, mais rápida, e com maior qualidade do que era antes. E para o cidadão, vai receber um serviço de maior qualidade”, assegurou Jurandy Pereira.

Ouça a entrevista na íntegra abaixo: 

 

Junior Macena | TV Contexto 

 

VeJA TAMBÉM

Economia

Apesar dos quatro meses de crescimento, a indústria ainda não conseguiu repor a perda de 1,9% de janeiro, e segue em recuperação

5 de julho de 2022

Sem fiscalização

Ao contrário do que fazem quando trata-se de aumento, maioria das intermediárias está evitando reduzir o valor de combustíveis na Paraíba, apontou o Sindipetro-PB

5 de julho de 2022

Por Flávio Franklin

"Apesar de ser apenas projeções no campo econômico, uma coisa é certa: ano de copa é tempo de euforia, e junto dela vem o aumento de consumo"

4 de julho de 2022

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com